Regular finanças depois do carnaval

 

Carnaval acabou, chegou a hora de colocar em prática todas as resoluções que foram feitas no final do ano. E se uma delas foi a de economizar dinheiro, nós podemos te ajudar. Depois de festas e feriados longos como esse é comum que as contas fiquem um pouco desreguladas. Mas com controle financeiro e planejamento é possível recuperar o prejuízo e ainda juntar uma grana até o final do ano. 

Quer saber como fazer isso? Então continue lendo e confira as dicas!

 

1- Planejamento

Quando falamos em organizar as finanças já estamos falando sobre planejamento financeiro. Mas é preciso reforçar que o planejamento não é apenas começar a guardar dinheiro na poupança, muito pelo o contrário, é preciso levar em consideração diversos pontos para planejar a sua vida com base nos objetivos financeiros. 

Por isso, primeira dica para colocar as finanças em dia depois do carnaval é planilhas! Pode ser no bloquinho de papel, pode ser na planilha do computador, pelo celular ou com a ajuda de um app de controle financeiro. 

O que realmente importa de verdade é que você saiba exatamente em que está gastando. Separe em gastos fixos e variáveis. Fixos são aquelas contas que você precisa pagar todos os meses o mesmo valor, enquanto os variáveis são contas que a cada mês tem um valor diferente, ou em alguns meses podem nem ter. 

Fora esses gastos também coloque em uma coluna separada gastos de compras, lazer, cartão de crédito e reserva de emergência. 

Com tudo isso anotado já será mais fácil para fazer seu planejamento financeiro. 

 

2- Aplicações automáticas

Separar um valor X para investir é importante, mas muitas vezes ficamos com preguiça de fazer esse investimento. Além disso, sempre surge algo que queremos muito e acabamos usando o dinheiro em outras coisas não tão essenciais. 

A solução nesse caso é fazer aplicações automáticas, assim você não vai contar com esse dinheiro e fará as suas economias de forma mais natural. Com o tempo, você poderá aumentar o valor das aplicações de acordo com a sua possibilidade econômica e com um bom planejamento financeiro. 

Ter tudo na ponta do lápis é essencial, então reforçamos aqui esse ponto, anote tudo, inclusive as suas aplicações. 

 

3- Reserva de emergência

Se você perdesse sua renda principal agora, quanto você tem guardado? Pois a reserva de emergência é essencial para que você consiga pagar todas as suas contas em um caso emergencial, como doença, perda do emprego, entre outros motivos. 

A reserva de emergência é um valor diferente dos investimentos, por isso, ela pode ser cerca de 10% a 20% do seu salário. Coloque, se possível, em contas diferentes das que você tem costume de movimentar com frequência. Assim evita cair na tentação de gastar esse dinheiro. 

 

4- Corte despesas

Carnaval acabou, agora é hora de freiar nas despesas. Que tal uma lista com tudo o que você gasta e assim ver o que pode ser cortado, o que é essencial e coloque também os seus desejos. 

Assim, fica mais fácil de visualizar o que deve ser cortado para conseguir atingir as suas metas. 

Às vezes podemos achar que não tem onde cortar despesas, mas sempre existe um gasto supérfluo que podemos viver sem e ainda economizar um bom dinheiro no fim do mês. 

 

5- Negocie taxas e tarifas

Que tal ligar no banco e negociar aquelas taxas de anuidade e mensalidade que são cobradas todos os meses na sua conta? Ou o aluguel, conta de telefone, condomínio, todas essas contas podem ser renegociadas e você pode conseguir bons descontos. De tempos em tempos você pode pedir para que as taxas sejam revistas e assim ter descontos de bons valores. 

Não tenha vergonha de pedir descontos, pois isso é algo que vai ajudar a melhorar as suas finanças e até ajudar a aumentar suas reservas econômicas. 

Mas lembre-se, ter esse dinheiro não é algo extra, mas sim um dinheiro que você precisa de investir e não gastar com outras coisas. 

 

6- Fique um dia sem gastar

Você sabe quanto gasta em dia inteiro? Experimente sair sem o cartão de crédito e veja quanto pode economizar. As vezes ao longo do dia vamos gastando de pouco em pouco que não temos noção do quanto gastamos com coisas dispensáveis. Leve seu almoço e lanches de casa, não pegue uber, pelo menos por um dia. No fim faça as contas da economia que fez e passe a adotar isso mais vezes. 

 

7- Pare de procrastinar

Por último, mas tão importante quanto os outros tópicos, chega de esperar para começar a mudar sua vida financeira. Comece a poupar hoje mesmo. Pegue um caderno ou até um folha que esteja próxima e coloque tudo o que falamos nesse artigo. Comece a ver seus gastos, rever o que pode ser gasto e planejar as suas finanças. 

Quanto antes começar, antes vai começar a ver os resultados. Se ficar adiando nunca vai começar e sempre terá desculpas para a sua falta de grana. 

 

É possível regular suas finanças depois do carnaval, ou até mesmo antes, tudo é questão de querer de verdade e ter um bom planejamento. 

Nos conte nos comentários quais os seus maiores desafios na hora de organizar as finanças. Quem sabe podemos te ajudar?