Como sair das dívidas em um ano

Quem tem dívidas sempre está em busca de maneiras de quitá-las, não é uma tarefa simples, mas com um bom planejamento é possível que você quite elas em poucos meses. 

Nesse artigo vamos falar como sair das dívidas em um ano e começar um novo ano com tudo no azul. 

Quer saber como é possível? Continue lendo e confira as nossas dicas!

 

Planejamento financeiro a longo prazo

Quem quer sair das dívidas em um ano já tem uma meta definida a de limpar o nome nesses meses. E você não precisa esperar janeiro para começar a pagar as suas dívidas, pode começar em qualquer mês do ano. 

O primeiro passo é fazer um planejamento financeiro e anotar todas as suas dívidas, coloque o tempo de atraso e se já foi renegociada alguma vez. 

Quanto mais informações tiver sobre a dívida, melhor será na hora de colocar em ordem para o pagamento. 

No seu planejamento financeiro deve conter:

  • Todas as dívidas vencidas
  • Valor que você pode pagar por mês
  • todas as suas outras contas de casa

Afinal o planejamento é geral e não apenas das suas dívidas, por isso você precisa de ter tudo isso anotado para visualizar melhor. 

 

Anote seus gastos atuais

Se o seu objetivo é conseguir pagar as suas dívidas nesse prazo de um ano então é preciso que lembre também de anotar os seus gastos atuais. Coloque todas as suas despesas em uma planilha. Separe os gastos fixos e os gastos variáveis. 

Além disso, faça uma lista com o que é prioridade e o que pode ser eliminado, pelo menos durante o período que você está se programando para pagar as suas dívidas. 

 

Organização 

A palavra principal é organização, pois você precisa dela para conseguir fazer o seu dinheiro ser suficiente para cobrir as suas despesas e também para começar a pagar as dívidas e aos poucos ir eliminando-as. 

Se você é mais tecnológico, instale um aplicativo de contas e controle financeiro. Ele tem acesso a tudo o que entra e sai da sua conta, assim você consegue ver automaticamente seus gastos e onde pode economizar. 

Se é mais de anotar, compre um caderno planner financeiro, pois ele tem já os locais certos para que você anote todos os seus gastos, entrada, saída, renda extra e tudo mais. 

Só não pode esquecer de anotar tudo la para não errar as contas no final. Faça disso um hábito, seja pela manhã ou a noite. 

 

Negocie as dívidas

Agora chegamos a parte mais importante, pois pagar as dívidas pode ser até um desejo seu, mas muitas vezes os valores de juros e multas estão tão altos que não é possível quitá-las. 

Vá até os seus credores e veja se é possível um desconto para pagar a vista, ou um prazo melhor para o pagamento parcelado. 

Mas lembre-se, só faça um compromisso que você pode arcar com ele no final. Pois não adianta nada você fazer um acordo e logo no primeiro mês não conseguir pagar ele como deveria. 

Se não for possível fazer um acordo e ter um desconto no pagamento de um das dívidas, tente outras e priorize o pagamento das que estiverem dentro do seu orçamento sem te apertar. 

No fim você vai pagar tudo, mas é preciso saber quais serão as prioridades. 

 

Priorize os que têm juros mais altos

Na hora pagar as contas negociadas, pague primeiro aquelas que têm juros mais altos para conseguir se livrar da maior parte das dívidas. Como já dissemos acima, você vai pagar todas as dívidas, mas como os juros continuam correndo, então é preciso pagar primeiro o que está custando mais caro. Desse modo depois de pagar você tem uma alívio financeiro e está ainda mais perto de conseguir sair das dívidas em um ano ou até mesmo. 

 

Converse com a sua família

Se você é casado e tem uma família para sustentar é preciso conversar com todos, pois a colaboração deve ser geral. Apenas com a família unida é possível pagar as dívidas, pois todos são responsáveis pela boa saúde financeira. 

Veja os gastos coletivos que podem ser cortados temporariamente e quais podem ser diminuídos

Tente uma renda extra

Seu salário não está sendo suficiente para pagar as suas dívidas? Busque uma renda extra, seja um trabalho freelancer ou até algo que possa se tornar algo que gere uma fonte de renda para você e sua família. 

Veja quais são as suas habilidades e trabalhe em cima disso, pois de algo que você vê como passatempo ou hobby pode sair sua nova fonte de renda. Vale a pena pensar a respeito. 

 

Não acumule gastos 

Está pagando suas dívidas direitinho? Continue assim, pois não adianta pagar um mês tudo conforme planejado e no mês seguinte já estar deixando para pagar pagar depois. Com isso, os juros só vão aumentando e você pode não conseguir cumprir a sua meta de 12 meses para pagar todas as dívidas. 

E outra coisa muito importante para quem quer sair das dívidas em um ano é não fazer novas dívidas e gastos. Controle o máximo as compras que serão feitas e só compre o que for realmente essencial. 

 

Pode parecer difícil no começo, mas no fim você vai ver que vai valer a pena apertar o orçamento e pagar as dívidas em um ano. Siga nossas dicas e se livre de uma vez por todas das dívidas!